Postagens destacadas

diciembre 14, 2015

AS dUAS mANEIRAS dE vER a cONCORRÊNCIA

Notas_con_Traduccion-40Trata-se de uma fonte chave para tomar medidas que impliquem melhorar nosso negócio. Mas para isso temos que nos organizar e ver as análises de duas formas.

“Ele vende mais do que eu”. “A verdade é que não posso mais competir com ele”. “O que será que ele está fazendo?”. Estas são algumas da frases mais comuns que constumam repetir os vendedores do MercadoLivre que aparecem frustrados diante de uma concorrência que está les esmagando e que não sabem o que fazer. Apenas se lamentam.

Há que dizer e perguntar: o que você está fazendo para analisar corretamente a sua competência? Sem dúvidas, para observar melhor a um “rival” há várias formas, mas sobretudo vamos agrupar em dois grandes grupos.

  • O primeiro tem a ver com analisar os anúncios de sua competência. Aqui poderá observar as estratégias operativas que a concorrência elege para seus produtos ou serviços. Sem dúvidas, isso será fonte de muito aprendizado para tomar, em alguns casos, medidas imediatas. Pensemos em um exemplo obvio: se seu competidor baixou o preço, você vai manter as mesmas tarifas? Disso se trata justamente estar atento às mudanças nos anúncios... Reagir! 
  • O segundo grupo tem a ver com ver o vendedor como um todo. Ter uma visão mais geral ou macro do que faz no MercadoLivre. Para isso, haverá que fazer uma análise mais profunda e, quem sabe, extrair dados sobre o menos visível que pudermos comprovar. Se trata de nos distanciarmos, de ver como é seu mix de faturamento, e detectar quais seus produtos estrela. Aqui não haverá uma reação tão específica como baixar um preço, senão que definirá uma provável mudança de estratégia em nosso negócio. Isso significa: determinar se será possível competir ou buscar outra categoria na qual seja possível vender algo que não é o forte do concorrente ou algo que ele não venda.

Estas duas visões diferentes significarão optar por mudanças estratégicas, táticas e operativas em nosso negócio. Ao menos as frases como “vende mais que eu”, “a verdade é que não posso competir com ele” ou “o que estará fazendo?” Ficarão mais claras para determinar os motivos que põe em desvantagem com a concorrência. 

Subscribe Email

Nueva llamada a la acción
Nueva llamada a la acción

 


 

Deixe aqui seu comentário