Postagens destacadas

enero 01, 2014

Como aprender a se equivocar

 

Como aprender a se equivocar


Se há algo do que estamos seguros em nossa vida (inclusive na venda online) é que vamos nos equivocar, de distintas formas e em distintos momentos. Mas seguramente vamos nos equivocar.
Por isso, existe só uma coisa que podemos evitar: nos equivocar muito, repetidamente e, acima de tudo, não aprender com nossos erros. Seria algo assim como equivocar-se eficientemente, ou fazer com que cada erro sirva de lição para melhorar no futuro.
Para conseguir nos equivocar eficientemente no e-commerce devemos fazer duas coisas fundamentalmente:

  • Relacionar causa e efeito
  • Medir objetivamente

Com respeito a primeira, poder relacionar uma causa com seu efeito nos permite entender que ações geraram um efeito positivo para repetí-las e quais um efeito negativo para evitá-las no futuro.
Mas para conseguir identificar uma relação entre causa e efeito (e seu resultado) é necessário tomar como base informação objetiva, medir confiavelmente e estarmos seguros de que a subjetividade não nos envolva com suas distorções. A venda online depende de tantas variáveis que mudam tão rápido que a percepção se torna um tanto enganosa especialmente porque temos uma capacidade limitada para lidar com muita coisa ao mesmo tempo.
Por outro lado, não medir objetivamente e tirar conclusões sobre que ação gerou um efeito positivo ou negativo pode levar-nos a grandes erros, porque muitas vezes desde o olhar subjetivo das coisas não são o que parecem e corremos o risco de repetir atribuindo a uma causa ou efeito que não corresponda.
Por outro lado, é fundamental trabalhar em conhecer objetivamente que ações geraram resultados positivos, em que contexto se deram para errarmos menos e obtermos melhores resultados.
Profissionalizar-se implica em fazer disso um processo de melhora contínua e fazer com que a sorte não seja um fator tão influente no resultado das ações que decidimos tomar. Cada vez vamos errar menos (ou mais eficientemente) se logramos conhecer melhor os erros e os tornamos parte de uma nova certeza de como fazer as coisas.
Como respondeu Thomas Alva Edison (inventor da lâmpada) quando um jornalista o recordou que havia colecionado quase mil tentativas frustradas antes de obter o filamento de tungstênio: “Não fracassei, só descobri 999 maneiras de como NÃO fazer uma lâmpada”.

Subscribe Email

Nueva llamada a la acción
Nueva llamada a la acción

 


 

Deixe aqui seu comentário