Postagens destacadas

octubre 09, 2019

A HISTÓRIA DA BIKE POINT: O VENDEDOR QUE DECIDIU SE MUDAR COMPLETAMENTE PARA O COMÉRCIO ONLINE

WhatsApp Image 2019-10-08 at 18.22.37

Existem momentos que temos que nos reinventar. A maré online está chegando e você precisa saber como surfar essa onda sem que isso signifique ficar sobrecarregado ou sem respostas para o que está se tornando uma tendência. É algo que talvez ilustra bem o que aconteceu com a Bike Point no Brasil. Empresa familiar, que nasceu em 1993 e vende acessórios e peças de reposição para equipamentos esportivos na cidade de Presidente Prudente, em São Paulo.

 

Há nove anos atrás, eles começaram a investigar e gradualmente entrar no mundo online. Eles sentiam que a loja não podia mais se expandir, apesar de ter um espaço físico com dimensões importantes. O negócio funcionou, mas tudo permaneceu estável demais, sem possibilidade de crescimento. E o que foi mais exaustivo: os recursos começaram a estar no lugar errado. A energia foi para a loja e não para o que estava por vir. Era necessário uma mudança.

 

Começaram aos poucos no comércio eletrônico e com raciocínio lógico: apostaram no on-line para competir por preço, mais barato do que na loja, levando em consideração que os custos de infraestrutura da loja exigiam outro tipo de preço para o cliente. Além disso, ao mesmo tempo, um fenômeno típico de nossos tempos começou a ocorrer: o cliente que chegava na loja comparava com os preços on-line e percebiam que essa compra poderia ser feita a partir de um computador ou telefone celular ... a um preço mais barato e com mais eficiência.

 

A maré on-line já estava chegando. Então, Maurício José de Souza, da Bike Point, decidiu tomar uma decisão: fechar a loja física e manter apenas a loja online, onde hoje está entre as 80 melhores da categoria no Mercado Livre.

 

Ele decidiu vender a loja e todo o estoque e começar do zero, mas agora apenas online. Alugou um galpão que exigia apenas 30% das despesas que tinha antes e iniciou esse novo projeto sozinho. Hoje, ao Bike Point conta com 3 pessoas (muito diferente das 16 que administravam e atendiam na loja física). Maurício é responsável pela parte estratégica e duas outras pessoas são responsáveis pela logística e marketing.

 

“O online é um mundo ainda pouco explorado, mas extremamente competitivo”, descreve Maurício. Ele afirma, ao mesmo tempo, que a união de sua experiência na loja física e as tecnologias (ele utiliza diversas ferramentas para a gestão do seu negócio e a Nubimetrics para a estratégia) foi o que garantiu seu crescimento no e-commerce.

 

"A informação é o segredo do sucesso", diz ele. “No comércio eletrônico, quem tem informação tem tudo. Em um mundo que muda tanto, é importante saber o que está acontecendo hoje ”. E descreve: "Tudo o que acontece no Mercado Livre acontece em todo o mercado brasileiro". Por isso, Maurício constrói sua estratégia usando a Nubimetrics tanto para vender no Mercado Livre como para sua loja online.

 

O que ele mais usa é a radiografia do mercado para saber, por exemplo, o que foi vendido mais ou as palavras mais pesquisadas pelos compradores. Também usa muito a análise da concorrência: aprende com eles para desenhar parâmetros, entender se o que está fazendo está correto ou não, e para “jogar o jogo que está sendo jogado”, ele descreve.

 

“A nubimetrics me diz se minha empresa está indo bem ou mal. Ele me guia e me ajuda a entender se estou seguindo o caminho certo. A Nubimetrics são os olhos que não temos no Mercado Livre ”, conclui. A aposta, de deixar o mundo físico e se dedicar exclusivamente ao online, já está dando muitos frutos.

 

Subscribe Email

Nueva llamada a la acción
Nueva llamada a la acción

 


 

Deixe aqui seu comentário