Postagens destacadas

marzo 30, 2020

QUATRO MEDIDAS TOMADAS PELO MERCADO LIVRE QUE IMPACTAM NOS VENDEDORES EM TEMPOS DE CORONAVÍRUS.

FRAME-BLOG

No contexto do Coronavirus, no Mercado Livre começaram a ser promovidas algumas medidas que impactam nos vendedores, mesmo que as medidas no Brasil, México e Argentina sejam diferentes por enquanto. Em todos os países, a distribuição de encomendas é permitida e o Mercado Livre continua em operação. Mas com algumas mudanças na operação. Por exemplo:

 

  • Foram eliminadas as comissões pela venda de produtos de primeira necessidade. Devido ao aumento da demanda, e entendendo que as compras desses produtos será essenciais para nossos usuários durante os próximos dias, o Mercado Livre decidiu não cobrar comissões para os vendedores de produtos de primeira necessidade. "O objetivo desta medida é colaborar para que esses produtos cheguem a quem precisa e que o benefício seja percebido pelos vendedores e pelos compradores, que perceberão uma redução e descontos do preço final", afirmaram no Mercado livre.

 

  • Preços e publicações de álcool gel e máscaras. No meio do contexto, e levando em consideração a alta demanda de álcool em gel e máscaras, foram enviados alertas aos vendedores “pedindo cautela com a atualização dos preços e informando que cancelaremos aquelas publicações que sofreram aumentos desproporcionais no último mês”. No México, essa medida afetará as comissões de mais de 252 mil produtos de limpeza básicos, higiene pessoal e alimentos não perecíveis em mais de 21 mil fornecedores, de 17 a 31 de março.

 

  • Eliminar postagens enganosas. No México, haverá moderação na publicação de máscaras ou elementos afins que garantam prevenir, aliviar ou curar o coronavírus. "Essas publicações são contrárias aos nossos Termos e Condições e divulgam informações enganosas não garantida e pela Organização Mundial da Saúde. Portanto, exigimos que os vendedores não continuem publicando produtos com referência ao Coronavírus, para evitar sanções", eles ecxplicaram.

 

  • Mercado Crédito adia o vencimento das parcelas dos empréstimos com vencimento em março. O benefício ter impacto em centenas de milhares de pessoas na Argentina, no Brasil e no México que usam o Mercado Crédito para financiar suas compras no Mercado Livre. A medida adia por um mês a cobrança de mais de 2 milhões de parcelas com vencimento no mês de março. O benefício será apenas para todos os usuários que tiverem seus créditos atualizados e será aplicado às parcelas de março que ainda não foram pagas. "Os clientes que pagaram parcelas de março terão o benefício da próxima parcela que vencerá em abril", indicaram.

 

  • Argentina: https://ideas.mercadolibre.com/ar/noticias/codo-codo-hasta-que-llegue-lo-mejor-medidas-para-cuidarnos-entre-todos/

    Na Argentina, também há novidades sobre os envios: https://vendedores.mercadolibre.com.ar/blog/novedades/novedades-sobre-tus-publicaciones-y-envios-por-el-covid-19/

  • México: https://www.mercadolibre.com.mx/l/codo-a-codo

  • Brasil: https://www.mercadolivre.com.br/l/compresemsairdecasa

 

Subscribe Email

Popular Stories

Você é novo vendendo?
Você deseja ser best-seller?
O que devo ter no meu anúncio?
Nueva llamada a la acción
Nueva llamada a la acción

 


 

Deixe aqui seu comentário